Unidade Centro -  Av. Rio Branco 156 - Sala 2034 / 2035 - Centro - Rio de Janeiro
☎(21) 3559-0262/2164-0262   📱(21) 98032-1412 (Whatsapp)
Unidade Vila da Penha - Av. Meriti 1872 - Vila da Penha - Rio de Janeiro
☎(21) 3144-8780  📱(21) 3351-2244 (Whatsapp)
Atendimentos: Seg a Sex: 9h às 18:30h | Sáb: 9h às 13h.

contato@rioquiropraxia.com.br

o que é a Quiropraxia?

A prática da quiropraxia surgiu em meados de 1900 — mais precisamente em 1895 nos Estados Unidos. O responsável pela elaboração da quiropraxia, sendo hoje conhecido como o pai da prática, foi Daniel David Palmer, um canadense.

A origem da prática se deu quando o doutor Palmer atendeu, em seu consultório, uma pessoa que alegou perder a audição após sentir um estalo na região das costas. Quando Palmer manipulou manualmente a área atingida, após exames complementares, o paciente voltou a ouvir quase que imediatamente.

Curioso, Palmer começou a procurar pacientes que apresentavam problemas diversos e sem qualquer ligação com a coluna vertebral, mas que também mostravam desconfortos na região das costas. Surpreendentemente, ele encontrou muitas similaridades ao caso do primeiro paciente e conseguiu estabelecer muitas relações entre a saúde e o alinhamento de nossas vértebras.

A quiropraxia é uma especialidade e profissão da área da saúde que tem seu foco na coluna vertebral, que é o centro de sustentação do corpo todo. Reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a técnica pode ajudar a tratar problemas relacionados a articulações, músculos, ossos, tendões, ligamentos, ou seja, tudo o que diz respeito aos distúrbios biomecânicos do corpo humano.

Essa vertente da medicina alternativa busca tratar os distúrbios acima por meio de orientação de hábitos dos pacientes, reorganização da postura utilizando técnicas específicas e exercícios e, principalmente, realizar manobras precisas, que podem restaurar as articulações e colocar o corpo para funcionar em normalidade novamente.

No Brasil, a prática também é reconhecida e representada pela Associação Brasileira de Quiropraxia. Para se tornar um quiropraxista, o indivíduo pode fazer cursos específicos ou até mesmo uma graduação, que é oferecida em algumas instituições de ensino pelo país.

Por aqui, ela começou a ser praticada a partir de meados dos anos 1900, e cada vez mais tem ganhado espaço como uma prática benéfica para a saúde e que pode, com sucesso, complementar tratamentos convencionais prescritos pelos médicos para tratar uma grande variedade de doenças.

O que trata a Quiropraxia?

A quiropraxia pode ser usada tanto para tratar quanto para prevenir problemas relacionados ao desalinhamento da coluna vertebral, que podem ser ocasionados por diversos fatores: má postura, passar muito tempo sentado ou em pé e até estresse e ansiedade.

Problemas como dores no ciático, pelve, pescoço, lombar, costas, quadril, ombros, braço e qualquer outro ligado ao sistema neuro-músculo-esquelético podem ser tratados por um quiroprático.

A seguir, conversaremos brevemente sobre alguns dos problemas que podem ser tratados com a ajuda da quiropraxia. Lembre-se, no entanto, que os tratamentos convencionais não devem ser deixados de lado, mas sim feitos em conjunto com essa técnica. Saiba mais.

 

Dores no pescoço, lombar e cabeça

As dores no pescoço, lombar e cabeça são responsáveis por uma grande queda na qualidade de vida das pessoas acometidas. Felizmente, a quiropraxia é uma boa aliada no combate a esse tipo de desconforto, atenuando-o consideravelmente e por vezes até eliminando-o por completo.

Tensões musculares

O dia a dia caótico em que vivemos é um dos grandes responsáveis pelas tensões musculares, que causam dores e desconfortos. A quiropraxia ajuda a aliviar esse tipo de problema, equilibrando o organismo e fazendo com que os músculos fiquem bem mais relaxados.

 

Lesões esportivas ou de acidentes variados

Atletas ou pessoas que sofreram acidentes também podem se beneficiar da quiropraxia na recuperação de lesões variadas. Essa prática é completamente não invasiva e de baixíssimo impacto, o que auxilia bastante como um tratamento complementar à fisioterapia, por exemplo.

Problemas locomotores

Sofre com problemas de locomoção? A quiropraxia também pode ajudar! Mais uma vez aliada à fisioterapia, essa prática é uma excelente forma de fortalecer a coluna vertebral e o sistema nervoso, deixando-os cada vez mais aptos a realizar movimentos variados e devolvendo, pouco a pouco, a mobilidade para o paciente.

Hérnia de disco

A hérnia de disco é considerada como um dos problemas mais dolorosos de todos. Infelizmente, nem todos os casos têm indicação cirúrgica ou apresentam melhora com os tratamentos convencionais. Nesses quadros, investir em sessões de quiropraxia é uma boa maneira de reduzir o desconforto causado por esse problema.

Problemas respiratórios

Pode parecer incrível, mas muitos dos problemas respiratórios comuns na população, como a rinite e até mesmo a sinusite, podem ter alguma ligação direta com o sistema musculoesquelético. Ao trabalhar o alinhamento da coluna vertebral, o quiropraxista pode fazer com que tais sintomas sejam consideravelmente reduzidos.

Desvios na postura

Outro problema bastante recorrente no dia a dia da população atual é a falta de uma postura adequada. Constantemente, nos posicionamos inadequadamente ao fazer tarefas do dia a dia, como utilizar o computador ou mexer no celular. Por isso, a quiropraxia pode ser uma boa ferramenta para a reeducação postural e redução dos problemas ligados a esse hábito nocivo.

Quem pode fazer quiropraxia?

Agora que já conhecemos algumas das doenças que podem ser devidamente tratadas com o auxílio da quiropraxia, desde que os tratamentos convencionais também sejam aplicados, que tal conferirmos quem pode se beneficiar com essa prática?

A seguir, conheceremos os grupos que podem fazer uso da quiropraxia.

Crianças

Apesar de pequenas, crianças também podem sofrer com desvios posturais e problemas que diminuem a sua qualidade de vida. Por isso, a quiropraxia pode ser indicada para os pequenos, que se beneficiam tanto quanto os adultos com a prática regular de sessões quiropráticas.

Adolescentes

Os adolescentes são comumente afetados por problemas na postura e, claro, por lesões variadas devido a esforços realizados na escola — como o peso excessivo das mochilas, por exemplo. Além disso, sofrem muito com problemas emocionais, que também podem ser equilibrados com o auxílio dessa prática tão abrangente.

Adultos

Os adultos são um dos grupos que mais se beneficiam com o tratamento quiroprático. Com o dia a dia puxado no trabalho, as inúmeras obrigações e os hábitos nocivos de estilo de vida, esses indivíduos precisam da quiropraxia para garantir o equilíbrio geral do organismo. Além disso, é a partir dessa fase que muitas doenças se manifestam, podendo ser tratadas nas sessões.

Idosos

Como vimos, muitos dos problemas frequentemente enfrentados pelos idosos, como dificuldades de locomoção, dores articulares, osteoporose e muito mais, podem ser tratados ou aliviados com a realização regular de sessões de quiropraxia. O fortalecimento da coluna, nessa fase da vida, é fundamental!

Gestantes

A gestação é uma das fases mais lindas da vida de uma mulher, mas também uma das mais difíceis quando nos referimos às mudanças corporais. Afinal, gerar uma vida em seu ventre não é nada fácil. A quiropraxia ajuda na redução de dores normais a essa fase e pode até mesmo ajudar a gestante com a preparação para o parto.

Lesionados

Pessoas que sofreram acidentes variados e que, com eles, passaram por lesões musculares, ósseas ou articulares, têm na quiropraxia um bom aliado para lidar com esses problemas e se recuperarem de forma muito mais veloz. Vale a pena investir nessas sessões para potencializar o tratamento.

Atletas

Além do tratamento de lesões, a quiropraxia pode atuar na prevenção de novas complicações, sendo excelente para atletas que utilizam o seu corpo para a realização de suas atividades. Afinal, prevenir é sempre melhor do que remediar, não é mesmo?